31 de dez de 2013

O QUE AS NOTAS ESCOLARES REVELAM? MUITO POUCO


Final de ano, junto com as festas vem as notícias do desempenho acadêmico dos estudantes. Se você é pai sabe o drama, se você é aluno também: ter que repetir o ano, rever tudo outra vez; ter sido reprovado.
Mas não desanime. A escola é uma parte de sua vida e, pasmem, sua vida não se resume a rotina de ir para a escola.
Há muita polêmica sobre os meio de se avaliar nossas crianças. Muitos educadores defendem que a prova é uma forma muito injusta de avaliar alguém, pois há alunos que aprendem e expressam seus aprendizados de formas muito diferentes. Einstein defendia que todos eram inteligentes, o problema é o modo como o sistema educacional aproveita essas inteligências , ou seja, somente a inteligência baseada na memória é reconhecida, o sistema educacional brasileiro se aproveita muito desse modelo e desperdiça muitas potencialidades que não conseguem se encaixar. Quantos de nossos estudantes poderiam desenvolver habilidades incríveis se a escola lhes desse a oportunidade de se expressar?



O que significa tirar um 10 em matemática? Ou o que significa tirar um 0 em português. A vida fora da escola tem outros padrões para medir sucesso e fracasso (mas as pessoas insistem no parâmetro econômico.... pauta para outro post, pois nem todo rico é satisfeito com a vida que leva....)

A principal diferença de sucesso entre a vida escolar e a vida real: na escola estamos treinando para memorizar os conceitos e aplica-los nas provas. Já na vida real tudo o que importa é fazer.

A escola ainda é focada no processo de memorizar e usar aquela informação guardada para aplicar na vida. Hoje no entanto, na era da informação qualquer informação que queiramos está a distância de um toque de celular. No entanto, sucesso na vida real consiste em fazer as coisas certas quando se é necessário fazer algo. E quando chegar na idade adulta ter tirado um 10 em história não vai fazer com que as contas de luz sejam pagas. O que a escola não ensina é resolver problemas, e isso só aprende fazendo.

Outro ponto que os sistemas de ensino não cobrem é a questão da falha: a falha nos ensina muito mais do que tirar um 10. Pois quando falhamos somos obrigados a desenvolver habilidades que possam resolver os problemas, e isso a escola diretamente, não oferece: ou você passa, ou você reprova.

Os grandes pensadores, líderes e empresários de todos os tempos tem sido aqueles que tentaram. Eles eram aqueles que tiravam 5 ou reprovavam. No entanto, falhar não era fator de inteligência, mas a inabilidade de se deixar levar pelas notas e observações superficiais. Bill Gates, Steve Jobs são alguns dos quais atingiram uma incalculável fortuna, sucesso e status sem serem bem sucedidos nas salas de aula. Eles foram, segundo aquilo que a sociedade definiu,  fracassados.

No entanto a inteligência e a paixão que eles tinham em seus projetos se transformou em combustível para que eles pudessem se destacar de todos os outros.

Então, o que significa tirar um 10? Significa que você conseguiu memorizar e aplicar os conceitos naquele teste, naquela hora.... se tudo os elementos mudassem aleatoriamente você fracassaria, e então o que iria fazer?  Lidar com a derrota e o fracasso a escola não ensina e na vida adulta esses elementos são deveras recorrentes. Como diria Rocky Balboa, vencer não é bater forte, é apanhar e apanhar e ainda assim continuar indo em frente!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não me deixe pensar que sou o dono da verdade. A conversa continua nos comentários